Tag: Qualidade

impressão digital

Impressão digital: aprenda a avaliar a qualidade.

Falar sobre impressão digital parece ser uma tarefa bem simples, você concorda? Mas já reparou que, muitas vezes, ao imprimir em diferentes formatos, seja em papel, lona, adesivo ou outros materiais, as cores e a extensão do projeto não ficam exatamente iguais ao que aparece na tela do computador?

Para além disso, quando sua empresa contrata uma gráfica para fazer o serviço de impressão digital, você sabe dizer o porquê de suas peças estarem com determinado defeito e a razão pela qual isso aconteceu?

A impressão digital veio para melhorar e facilitar os processo de impressão. A indústria passa a utilizar essa tecnologia da comunicação para trazer mais vantagens e oferecer novos serviços aos diversos segmentos de mercado.

Mesmo assim, você precisa treinar seus olhos para identificar os mínimos detalhes, pois são eles que comprometem a qualidade das peças. Continue lendo esse post para aprender a avaliar a qualidade da impressão digital e como esse é um factor de impacto para construção da comunicação visual da sua empresa.

A impressão digital

A impressão digital se trata da modernização das máquinas e das gráficas, que investem em tecnologia com o intuito de fazer impressos personalizados, promocionais, embalagens e baixas tiragens de materiais.

Em linhas gerais, o conceito de impressão digital é a técnica de imprimir utilizando recursos de informática, no qual as imagens impressas partem direto de arquivos como PDF e softwares de edição de imagens.

A diferença da impressão digital para o método convencional é a não utilização de chapas como matrizes, uma vez que os arquivos saem direto do computador para ser impresso.

Impressão digital = qualidade

Com a impressão digital as máquinas oferecem um serviço completamente customizado e qualidade superior. O tempo de secagem é menor e, com a tecnologia, aumentou a possibilidade de variar as aplicações.

O processo de impressão se tornou mais ágil e simplificado, pois não há nem a necessidade de reparar cores. As vantagens desse modelo de impressão são inúmeros e, não precisamos dizer que essa é a técnica que veio para ficar, não é verdade?

Se sua empresa utiliza pouco serviços de impressão, você vai ficar contente em saber que impressões em baixas tiragens são ideais para a impressão digital e explicamos o motivo: agora é viável produzir sob demanda e não necessariamente em escala. Assim, você aumenta suas possibilidades de desenvolver a comunicação visual impressa do seu negócio.

Mostramos a você que a impressão digital é a tendência da indústria de impressões. Dito isso, vamos falar sobre os aspectos que você deve conhecer para avaliar a qualidade de uma boa impressão digital:

3 aspectos para avaliar a qualidade da impressão digital

1. Marca da impressora

A impressora é o principal instrumento do processo de comunicação visual. Mas para que ela tenha um desempenho satisfatório, você precisa de equipamentos de qualidade. Ao contratar uma gráfica digital, veja se as máquinas são de marcas como Hp, Roland, Ampla, Océ ou Zund.

Essas marcas são mundialmente conhecidas e as empresas especializadas em impressão digital que investem em tecnologia utilizam equipamentos de qualidade, para garantir a perfeição dos materiais impressos.

Você pode até pensar que, por serem marcas famosas, o preço final das impressões pode ser mais caro. A verdade é que existem muitas impressoras baratas que, além de comprometerem o resultado da impressão, não tem estrutura física para suportar demandas de trabalho em grande escala.

É importante verificar se o seu fornecedor tem a manutenção das impressoras em dia, para que não atrase e nem danifique seus arquivos/materiais.

2. Cabeça da impressão

Tão importante quanto uma impressora de alto padrão é uma cabeça de impressão de qualidade. Essa peça é a responsável pela perfeição dos arquivos impressos, garantindo a nitidez do texto, as cores vibrantes e uma precisão fora do comum, sem borrões, em todas as impressões.

A cabeça de impressão EPSON é uma das mais utilizadas no mercado, junto das impressoras Roland. A Minolta é usada na Ampla, a Toshiba na Océ e, por fim, a Hp que usa a cabeça de impressão da própria marca.

A qualidade é o que difere uma impressão da outra. A cabeça de impressão influencia desde a resolução em pixels até aos picolitros – que, em média, variam entre 80 e 7 picolitros. Não esqueça também de ter bons cartuchos, pois eles integram a avaliação da qualidade das impressões.

cabeça da impressão picolitros

Ao contratar uma empresa que faça as impressões da sua comunicação visual e seus materiais forem entregues manchados ou com marcações , está na hora de trocar de fornecedor. Isso acontece porque a empresa não está limpando corretamente as impressoras.

3.  Mídia

As 2 dicas anteriores foram relacionadas aos equipamentos que imprimem os documentos, certo? Feitas essas considerações, por último, mas não menos importante, precisamos de uma mídia de qualidade para ter uma boa impressão.

A mídia, ou o meio, a ser utilizado pode ser um papel, adesivo, lona, PS (poliestireno), etc. A qualidade desses materiais é de extrema importância, pois garantem uma planicidade adequada, uma boa absorção de tinta e elasticidade para suportar a impressão sem deformar.

Por exemplo: o papel como mídia está na finalização do processo de impressão. Começando pelo tipo do papel, se é ecologicamente correto, papel sulfite ou de adesivo… Não escolher o papel ideal compromete muito a qualidade do seu arquivo. São diferentes texturas, tamanhos e gramaturas. Cada um para tem sua finalidade e aplicabilidade de cor.

Neste conteúdo você aprendeu como avaliar a qualidade de uma impressão digital. Para fazer as impressões da sua empresa, você precisa de uma empresa especializada em comunicação visual que ofereça impressões de pequeno, médio e grande porte, em material rígido e flexível.

Nós da WS Comunicação, além de trabalharmos com tintas especiais e ecologicamente corretas, estamos prontos para tornar suas ideias reais, prestando um serviço personalizado de alta qualidade.

Entre em contato com a gente! Sabemos como você deve despertar interesse e atrair mais clientes para sua empresa através de uma comunicação visual de impacto.

fachadas comerciais

Fachadas comerciais: tudo o que você precisa saber

É bem provável que você já tenha ouvido a clássica frase que diz: o marketing é a alma do negócio, não é mesmo? E o marketing começa pelas fachadas comerciais, pois elas são o primeiro contato com o público que você quer atingir.

Mas antes de chegar nas fachadas comerciais, sua empresa precisa de uma identidade visual impactante e que, ao mesmo tempo, transmita a essência da sua marca, ou seja, a logomarca deve corresponder ao produto ou serviço que você oferece.

O ícone escolhido para representar uma empresa deve estar em todos os materiais de comunicação visual e obrigatoriamente na fachada comercial. Pense sempre que ao ver as fachadas comerciais nas ruas, as pessoas precisam gravar a imagem da marca, mesmo que no subconsciente.

Nesse post vamos falar tudo o que você precisa saber sobre as fachadas comerciais. Para aprender isso e dicas práticas de como sua empresa deve trabalhar para ter uma fachada comercial de sucesso, é só continuar lendo até o final.

Fachadas comerciais: por onde começar?

A construção de fachadas comerciais demanda trabalho e para que você tenha um resultado estético e marcante existem vários detalhes que precisam ser observados, mas, é claro, que para essa tarefa é indispensável o suporte de uma empresa especializada em comunicação visual.

Ter um especialista deste ramo não te isenta de conhecer os diversos materiais e formas disponíveis no mercado. Além de conhecer a fundo seu negócio, a fachada da sua empresa é direcionada para o público e de acordo com os “padrões” do seu segmento de mercado.

Para esclarecer o parágrafo acima, vamos pensar em uma clínica de estética e um supermercado. Ambos precisam de uma identidade para as suas fachadas comerciais, mas uma será completamente diferente da outra, em função do seu público e ramo de atuação.

Dito isso, reformamos a questão principal: antes de pensar na fachada comercial, é fundamental você ter a identidade visual definida. Selecionados 5 dicas para você ter sucesso na criação da fachada comercial do seu negócio:

  1. Conheça as regulamentações

Algumas cidades – e principalmente as históricas – possuem restrições quanto a personalização das fachadas comerciais. Modificação de cores e formatos da estrutura física são o que, na maioria das vezes, não se consegue liberação. Para além disso, o tamanho das placas também precisam estar de acordo com as regulamentações para que você não tenha problemas com a fiscalização. E não só a fachada, mas tudo que envolve a publicidade e propaganda.

  1. As medidas importam (e muito)

O princípio da comunicação visual é a medida. Guarde essa informação porque ela é a chave para tudo o que você for fazer relacionado a comunicação visual. Não há como produzir nada com qualidade se não forem preestabelecidas as medidas para as peças se encaixarem corretamente nos locais indicados.

Por isso, antes de fazer um simples orçamento, visite o lugar estipulado e tire todas as medidas para colocar uma placa que corresponda ao tamanho ideal da fachada, bem como a iluminação e as cores usadas para que em um conjunto, haja harmonia e sua empresa se destaque dentre as outras fachadas comerciais da região.

  1. Foque no design

Apesar do crescimento acelerado das lojas on-line e a migração dos consumidores para o meio digital, você sabia que a maior parte da receitas de vendas vem das lojas físicas? Pois bem, um motivo a mais para você caprichar na fachada do seu negócio.

As fachadas comerciais são o primeiro contato com o cliente e as responsáveis por causar impressões, boas ou não, nas pessoas. Quanto mais atrativa for a fachada de uma loja, maior a chance do consumidor se sentir atraído e entrar para conhecer os produtos ou entender melhor os serviços.

Para quem ainda não é seu cliente, se não houver uma fachada comercial, ele nunca saberá que sua empresa está locada ali pronta para o atender, concorda? Se sua empresa ainda não tem uma fachada comercial montada, está na hora de colocar a mão na massa assim que terminar de ler todas as dicas especiais que separamos para você.

  1. Crie comunicação e não poluição visual

Ao criar uma fachada comercial pergunte a si mesmo: o que todos esses elementos em conjunto querem comunicar? Tudo a nossa volta se comunica e mensagem da sua fachada comercial deve estar em consonância com a missão e os valores da sua empresa.

A ideia de que menos é mais vale tanto para as fachadas comerciais, quanto para as identidades visuais. Cores extravagantes, letras garrafais para chamar a atenção a todo custo podem soar como apelativo e consequentemente tirar o valor do seu negócio.

Tudo o que você for incrementar na sua fachada comercial, tenha a consultoria de uma empresa de comunicação visual para entender se todos aqueles elementos precisam estar na fachada. Não faça por fazer, procure entender o sentido de todas as coisas.

  1. Invista em qualidade

O mercado de design gráfico é completamente atualizado e você precisa estar antenado em tudo o que há de novo e moderno para ver o que se adequa para a sua empresa. Não só para criar,as também para reformular a fachada da sua empresa.

Quando afirmamos que você precisa investir em qualidade, estamos dizendo que os materiais importam e eles que moldam a sua fachada. Por exemplo escolher a estrutura das letras da placa ou a cor da parede são elementos que devem trazer a identidade da sua marca.

As fachadas comerciais não são paredes pintadas com o nome da empresa. Use as técnicas com parcimônia para não exagerar nem pecar por se policiar demais. As fachadas podem dar maior visibilidade para sua marca, por isso inove nas aplicações e veja quais materiais se encaixam melhor na fachada que você tem.

Neste conteúdo você aprendeu dicas práticas de como fazer fachadas comerciais atrativas para seu público. Para fazer a fachada comercial da sua empresa, você precisa de uma empresa especializada em comunicação visual que ofereça tecnologia e novas tendências com materiais de ponta.

Nós da WS Comunicação, além de trabalharmos com criatividade e materiais tecnológicos de alta qualidade, estamos prontos para tornar suas ideias reais, prestando um serviço personalizado de alta qualidade.

Entre em contato com a gente! Sabemos como você deve despertar interesse e atrair mais clientes para sua empresa através de uma comunicação visual de impacto.