5 erros que não podem ser cometidos ao criar um logotipo para a marca

Para melhorar a comunicação visual de uma empresa ou evento, várias medidas podem ser adotadas. Entre as alternativas, criar um logotipo harmônico, agradável e que represente os serviços ou o produto do negócio, além da filosofia e da visão da empresa, é essencial.

Para aprofundar neste assunto, preparamos este artigo para você. Falaremos sobre o desafio da criação de um logotipo e os 5 erros mais comuns, cometidos durante o seu processo. Continue sua leitura!

Erros mais comuns durante a criação de um logotipo

Ao criar um logotipo, você deve estar atento a diversas questões. Afinal, ele é de absoluta importância para o negócio. Nele, devem estar contidas algumas informações, como: a área em que a empresa atua e o nicho a qual ela se destina. Tudo isso, sem tirar as características de beleza estética e de harmonia do logo.

Sendo assim, confira 5 erros que devem ser evitados na criação de logotipos.

1. Tipografia inadequada

A tipografia é a arte ou técnica utilizada para a definição do design das letras que serão usadas em determinado local. A tipografia, no contexto do logotipo, precisa ser muito bem pensada, uma vez que ela deve ser de fácil reconhecimento, mas sem perder o estilo desejado.

2. Excesso de elementos

Para atender a todas as recomendações, muitos caem no erro de fazer uma série de inserção de cores e formas, de maneira a criar um logotipo com muita informação, “poluído” visualmente.

Uma das tendências do design contemporâneo  é a criação de logos cada vez mais enxutas e sutis, a fim de focar na essência do que o produto ou serviço oferece ao cliente. Até mesmo times tradicionais de futebol têm mudado seus logotipos para se adequarem a essa nova realidade.

3. Tendências e ao modismo em excesso

As tendências indicam um caminho a ser seguido, mas elas não podem ser o parâmetro principal para a definição de um logotipo, pois podem ser passageiras. Nesse contexto, o indicado é dar prioridade aos pré-requisitos de identificação da logo como o tipo de produto ou serviço ofertado e a identificação com o cliente.

4. Plágio

O plágio é um problema na criação de logotipos. Essa prática pode gerar graves consequências para o seu negócio, como a perda de credibilidade e, até mesmo, processos judiciais. Portanto, é importante que essa produção passe por um planejamento, que envolve uma pesquisa abrangente do que é utilizado no mercado.

5. Cores inapropriadas

As cores apresentam um significado e levam ao cliente determinadas sensações. É por isso que elas devem ser coerentes com o tipo de serviço ou produto ofertado pela empresa.

Empresas envolvidas com a questão da sustentabilidade, por exemplo, costumam utilizar as cores verde em seu logotipo, já as empresas de fast-food costumam utilizar o vermelho e o amarelo, que estimulam o apetite. Descubra qual cor melhor encaixa no seu ramo e a utilize!

As dicas acima são importantes para quem deseja criar um logotipo coerente, harmônico e esteticamente agradável seguindo essas dicas, entre outros aspectos a serem levados em conta. Considere também a contratação de uma empresa de comunicação especializada no assunto, que poderá fazer o diferencial na estratégia de comunicação da sua empresa.

Agora que você já sabe quais erros não cometer durante a criação de um logotipo, veja essas dicas de como escolher a cor da sua marca com base na psicologia das cores!