Categoria: Placas

impressão direta

Como o mercado de impressão UV está sendo revolucionado

Você precisa de impressão com qualidade, nitidez, durabilidade e alta resistência? Se sim, a opção correta para você é impressão com tecnologia UV.

A tecnologia UV é uma técnica de impressão de alta qualidade feita diretamente no material. Ela pode ser empregada em materiais como vidro, acrílico, alumínio, aço, papelão, PETG, policarbonato, MDF, PVC, PS (Poliestireno), lonas, adesivos e outros.

Esse modelo de impressão apresenta alguns pontos fortes se comparado às impressões convencionais. Tais como: rapidez de impressão e secagem das peças, elevada durabilidade, redução nas distorções das peças e fidelidade de cores (mais brilhantes e intensas).

Além disso, a impressão UV contribui para a sustentabilidade. Isso porque essa tecnologia não utiliza solvente ou qualquer outro tipo de material agressor, além de possibilitar a impressão em papéis sintéticos ecológicos, produzidos a partir de plástico reciclado.

Acha que acabou? Não! As impressões UV também são menos vulneráveis a estragos como amassados, rasgos e dissolução em água, pois possuem maior resistência química.

Assim, graças a tais características hoje é possível ter as suas fotos em capas para celulares, ímãs de geladeira, quadros e outros diversos produtos, com uma resolução fotográfica de ótima qualidade. E além das fotos, a aplicação da impressão ultravioleta se estende desde os escritórios até os ciclistas.

 

 

 


Identificação de Bikes

 

Devido às particularidades da impressão UV, citadas acima, os competidores do 3º Desafio Piraputanga de Mountain Bike, que aconteceu no dia 30 de julho no Mato Grosso do Sul, puderam numerar suas bikes para a competição sem correr o risco de que as plaquinhas identificadoras fossem deterioradas e prejudicassem a identificação das bicicletas durante a disputa.

 

 

placas sinalização bike

 

Dessa forma, com o uso da impressão UV, a WS Comunicação proporcionou a qualidade requerida para a finalidade das plaquinhas e contribuiu para que o campeonato mato grossense fosse um grande sucesso.

 

placas sinalização

Além disso, nós confeccionamos um portfólio com todos os nossos produtos para que você possa conhecer todas as aplicações dessa tecnologia.

 

 

comunicação visual de impacto

8 dicas para uma comunicação visual de impacto

Uma das primeiras dificuldades de quem está começando um negócio ou querendo mudar a cara da marca, é em como estruturar a comunicação visual da empresa, não é mesmo?

“Quais cores devo combinar para expressar a identidade da minha empresa? A tipografia escolhida é a mais adequada para o meu segmento de mercado?” Aparentemente é simples pensar em comunicação visual, mas quando você realmente precisa desenvolver essa tarefa, parece um bicho de sete cabeças.

Se você tem essa e outras dúvidas em relação a comunicação visual, continue lendo esse artigo. Vamos te dar dicas práticas de como sua empresa pode ter uma comunicação visual de impacto e, assim, você construir uma marca de autoridade no mercado.

Comunicação visual: o que é?

Comunicação visual engloba todo meio de comunicação que utiliza elementos visuais, como, por exemplo, a identidade visual de uma marca, panfletos, placas de lojas, banners, design de embalagens, etc.

Ao divulgar uma marca, uma imagem bem elaborada tem mais impacto do que apenas um simples texto. Por suas formas e cores, as imagens têm o poder de chamar a atenção e, se usadas de maneira estratégica, essas imagens – ou a comunicação visual de uma marca – podem ficar gravadas na mente das pessoas.

O grande desafio de quem está criando ou reposicionando uma marca é justamente ter uma comunicação visual que se destaque entre a concorrência, para se tornar forte no seu segmento de mercado e, consequentemente, ter a valorização do público.

Selecionamos as melhores dicas para você ter sucesso em seu negócio:

sucesso em seu negocio

1.  Defina o que você quer

Antes de uma ideia sair do papel, ela (necessariamente) precisa ser pensada e estudada. A nossa primeira dica é: defina o que você quer antes de tomar qualquer decisão. Faça pesquisa de mercado, pense em como oferecer o seu produto ou serviço de forma inovadora e, principalmente, definir o porquê dos clientes contratarem sua empresa e não o concorrente – que oferece o mesmo serviço.

Depois de respondidas essas perguntas você está preparado para dar o próximo passo que é começar a estruturar a identidade visual. Dizemos aqui em começar a estruturar, pois é um processo extenso, mas se seguir todas essas dicas você ficará muito feliz com o resultado da sua comunicação visual.

2.  Simplifique ao máximo

Um grande erro de quem não tem experiência em comunicação e design é pecar pela extravagância. Sabe aquela vontade de chamar a atenção e usar o máximo de cores, com letras enormes que saltam aos olhos? Pois bem, esse tipo de comportamento acaba comprometendo conceitos básicos de design que, ao ser visto por alguém, transmite a sensação de não ser agradável aos olhos.

Pense nas grandes marcas que você mais gosta. Pensou? Percebeu que a identidade visual delas é simples? Veja que simplicidade é diferente de simplório. Tudo isso precisa estar de acordo com a identidade da sua marca. A partir disso é que você consegue definir tipografia, cores, formas e tamanhos de uma mídia de acordo com o conceito da marca.

3.  Seja coerente

É bem provável que você já tenha uma logo ou, pelo menos, uma ideia de como ela deve ser, certo? Essa logo e toda sua composição deve ser aplicada desde a fachada da sua loja, passando por suas páginas nas redes sociais, indo até o uniforme dos funcionários.

A sua identidade visual é uma só e precisa ser fortalecida. Para isso, você precisa ser coerente em tudo o que sua empresa usar o elemento visual – sua marca é a essência do seu negócio.

4.  Saiba quem é o público

Se você não conhecer seu público, para quem você está vendendo/oferecendo o que você produz, como você poderá melhorar a qualidade daquilo que sua empresa faz? Ou então, como você desenvolverá uma linha de produtos que supra as necessidades do público que demanda da sua empresa?

Diante da análise desse público é que você vai posicionar a sua marca para gerar engajamento e converter essas pessoas em consumidores. Ao conhecer a fundo seu público, você saberá exatamente do que eles gostam e do que eles precisam que o mercado não está suprindo.

Aqui também vale dizer que esse estudo de público deve estar em concordância com todas as dicas acima. A sua comunicação visual precisa falar a língua do seu público potencial.

5.  Conheça os formatos de comunicação visual

Tudo o que você fizer de comunicação deve ser de fácil entendimento, sem excessos de escritas e imagens. Cartazes, banners, faixas, placas… cada um desses formatos têm um propósito diferente e não cabe usá-los de maneira aleatória.

Essa é uma parte técnica e se você não tiver domínio para saber o que está de acordo com sua estratégia de divulgação, será preciso consultar uma empresa especializada em comunicação visual para te orientar não só sobre os formatos, mas também sobre a impressão desses materiais.

6.  Pense no layout

Um bom layout vale por si mesmo, ou seja, sua comunicação é eficiente. A boa aparência das peças precisa alinhar o que sua marca representa com o tom comercial da publicidade. O layout é o primeiro contato da sua empresa com o cliente e ele precisa ser muito atrativo a ponto de provocar nas pessoas interesse em conhecer sua marca.

7.  Invista para ter visibilidade

Se você quer que sua marca seja reconhecida por seu público, será preciso investir em marketing em algum momento do seu negócio. As pessoas precisam saber quem você é e a qualidade do produto ou serviço que sua empresa fornece.

Através da sua comunicação visual, passe a impressão de uma empresa forte, bem estruturada que se posiciona como referência em sua área de atuação. Quando mais coerente for sua identidade visual, mais os clientes terão confiança em fazer negócio com você.

8.  Não crie nada sozinho

Defina o que você quer, o público que deseja atingir, pensa em um layout coerente e qual o propósito da sua marca. Depois que você der forma ao seu negócio, consulte uma empresa especializada em comunicação visual para avaliar o que você pretende fazer.

Muitas vezes, ao imprimir um arquivo ele não fica idêntico ao que vemos na tela do computador, não é mesmo? Por isso, você precisa de suporte para escolher a melhor tecnologia de impressão para valorizar seus materiais impressos.

Se você está em busca de profissionais referência no mercado para te atender da melhor maneira possível, nós da WS Comunicação temos um time de especialistas disponíveis para te ajudar a encontrar a melhor solução para tornar suas ideias concretas.

Entre em contato com a gente! Sabemos como você deve despertar interesse e atrair mais clientes para sua empresa através de uma comunicação visual de impacto.